Dia do Escritor: 5 dicas simples para conviver com um escritor

25 Julho, 2018
Compartilhe nas redes sociais

Hoje é dia do escritor, uebaaa! Em homenagem à nós, que seguramos a caneta para escrever o mundo com nossas próprias palavras, o post de hoje é inteiramente sobre escritores!

Aqui vão 5 dicas simples para conviver com um escritor sem precisarmos furar os olhos de vocês com nossas canetas, ok? (gente, é tudo na brincadeira. Eu não gastaria minha caneta, de qualquer maneira).

  • Se estamos digitando freneticamente no computador, por favor, NÃO NOS INTERROMPA. Há 99% de chance de estarmos bem no meio de uma grande ideia e, se você resolver puxar papo, vamos ser educados mas estaremos querendo esganar você na nossa cabeça.
  • Se pedirmos sua opinião, queremos sua opinião de verdade. Pode apontar erros, os defeitos, o que você acha que é para melhorar… É para botar a boca no trombone mesmo!
  • Não tente ler o que estamos escrevendo ENQUANTO ESTAMOS ESCREVENDO. Dá um faniquito, então nem tente a sorte, porque a gente sai do Word, fecha o computador, fecha o caderno… Só lê quando já estiver pronto e não se fala mais nisso!
  • Não questione nosso processo criativo. Se só conseguimos escrever no papel, no computador… Se precisamos correr pelo quarteirão antes de escrever uma poesia, se precisamos colocar tal música… Criar é um trabalho também, e ninguém fica questionando sua necessidade de tomar uma xícara de café antes de ir trabalhar ou suas manias, então, não questione as nossas!
  • Cuidado! Tudo o que você nos contar poderá ser usado em uma história e nós não nos responsabilizamos por isso. Você vai dar a matéria-prima e nós, mãos a obra!

Essa foi uma brincadeirinha só para lembrar não só de toda a poesia que envolve ser escritor, sobre o significado de criar a partir de palavras, mas também do nosso dia-a-dia de muito esforço e dedicação.

Parabéns para nós, colegas escritores! Nós que temos a palavra como fiel acompanhante, a que nos dá voz e nos permite acender a chama em nossos corações e no de outras pessoas.

 

Continue a escrever, continue a escrever… 🙂

 

Ana Laura Marins

 

 

Leave a reply
Tirolesa na Cuesta— Coisas do InteriorBem-vindo, agosto! — O que podemos fazer para sermos melhores esse mês

Leave Your Reply

Sobre mim

Ana Laura Marins

Oie, eu sou a Ana Laura, tenho 15 anos e criei este blog para compartilhar meus sonhos e descobrir o meu lugar no mundo. Gosto de café, dias chuvosos e sorrisos sinceros, além da minha mania incurável de contar histórias.

Translate »