Blackouts Poéticos: nova forma de poesia e de relaxamento

13 Julho, 2018
Compartilhe nas redes sociais

Todo mundo sabe que eu sou APAIXONADA por poesia. Também sou muito curiosa, e bendito Pinterest! Descobri lá o tal Blackout Poético, uma moda que tá demorando para pegar no Brasil, mas eu já estou me inteirando do assunto, que diga-se de passagem é muito bacana.

Calma! Vou explicar para vocês.

Toda essa história começou com um artista-gráfico e escritor americano, Austin Kleon. Ele achou divertido pegar uma folha de jornal, uma caneta preta e simplesmente destacar no texto as palavras que lhe chamaram atenção. Então, pintava de preto todo o resto e criava sentido entre as palavras destacadas. Voualá!

A prática agradou muita gente e tem evoluído. Uma galera começou a fazer desenhos, riscar em páginas de livros velhos, fazer coisas mais coloridas… Criatividade chama!

Eu entrei na onda e descobri mais uma coisinha sobre isso: os blackouts acalmam. Sim, isso mesmo que você leu. Naquele dia que eu estou muito irritada, nervosa, brava… Eu sento, pego uma folha de revista e fico circulando as palavras. É extremamente relaxante e me ajuda a pensar melhor, melhora meu humor.

Vocês podem tentar também! Peguem um artigo de revista, uma caneta e circulem as palavras aleatoriamente. Não é para ler o texto de verdade, é para ler as palavras. Veja qual soa legal para você, ou uma que você goste: pelo som ou pelo significado. Tentem fazer o mais espontâneo possível.

Eu achei uma técnica muito bacana, criei até uma pasta no Pinterest sobre isso. É incrível a quantidade de coisas legais que saem de algo tão aleatório assim, ajuda muito na criatividade.

Peguem as revistas e já podem começar! Eu comecei…

 

Ana Laura Marins

Leave a reply
5 atitudes para tornar julho especialÉ só olhar para o céu

Leave Your Reply

Sobre mim

Ana Laura Marins

Oie, eu sou a Ana Laura, tenho 15 anos e criei este blog para compartilhar meus sonhos e descobrir o meu lugar no mundo. Gosto de café, dias chuvosos e sorrisos sinceros, além da minha mania incurável de contar histórias.

Translate »