O Gigante Adormecido - Coisas do Interior

21 Novembro, 2017
Compartilhe nas redes sociais

Oi oi amores! Tudo certinho? Hoje eu venho com muito prazer abrir nossa Tag “Coisas do Interior”! Como eu já tinha anunciado no Instagram (@meufazdeconta_), criei essa Tag para contar de formas diferentes como é a vida em uma cidade pequena, mais especificamente, em Botucatu, a cidade onde eu nasci no interior de São Paulo. Virei até vocês com esse tema através de contos, poesias e tudo que o meu coração me disser para escrever. Hoje, teremos um pouco da história e lendas locais do ponto turístico mais famoso daqui: O Gigante Adormecido.

Ele é localizado no limite entre Botucatu, Bofete e Pardinho. Essa formação rochosa rende muitas lendas urbanas até hoje, como a aparição de extraterrestres e tesouros escondidos nas Três Pedras, que são as pedras que formam os pés do Gigante. O nome, obviamente, provém de sua imagem se assemelhar a um enorme homem deitado.

Algumas pessoas diziam ver luzes indo de uma pedra para a outra durante a noite, se referindo a aparições de visitantes de outros planetas. Havia também relatos de Sacis que povoavam a região, mas aí fica para a nossa imaginação saber se são só lendas ou o Gigante realmente também se tornou ponto turístico para os nossos amiguinhos de outras galáxias.

As lendas são tantas que até renderam livros, como o Verde Era o Coração da Montanha, pelo meu avô Francisco Marins, que foi um grande apreciador da terra botucatuense e sempre procurava retratá-la em seus romances.

A vista é maravilhosa. No último feriado (15) eu passeei com a minha família pela Cuesta de Botucatu e não há como não ficar encantado com essa vista, a natureza e o misticismo por trás de cada paisagem. Sempre fui apreciadora de histórias, naturalmente, e estar no palco de muitas das quais eu cresci escutando é algo indescritível.

Outra lenda que me fascina, particularmente, é de que os incas passeavam por essas terras tempos atrás. Será verdade? Espero que sim, mas acho que nunca saberemos a resposta. É melhor assim, manter a lenda viva pelo povo e pelo amor à cidade.

Um fato curioso de Botucatu é que a cidade é conhecida como a “Cidade do Saci”, temos até um festival do Saci! Lembro da minha avó contando que os familiares se reuniam na sala de estar para contar suas aventuras e, entre elas, sempre tinha um Saci aqui ou ali. Diziam que o personagem folclórico entrava nas fazendas para causar desordem e sumia sem que ninguém conseguisse pegá-lo. Vai saber.

Mas, infelizmente, ainda temos que nos contentar em ver o Gigante de longe. A região é de muito difícil acesso para chegar perto, mas a paisagem compensa qualquer inconveniente. E eu, que adoro uma boa lenda, tenho de sobra sobre ele. Não precisamos ir até lá para desfrutar das maravilhas do local.

Então é isso gente, espero que tenham gostado desse pequeno pedaço da minha cidadezinha natal. Me digam se gostaram da Tag, já estou preparando outros posts, e acho que o pedido da poesia vai ser atendido! Vocês têm me pedido bastante para voltar a postar poesias, e acho que esse é o momento, galera! Hahahaha.

Se tiverem perguntas sobre o assunto, podem me deixar aqui! Vou adorar fazer um post para responde-las.

Um beijão no coração e até o próximo post!

 

Ana Laura Marins

 

 

Leave a reply
Sobre o tal do “amanhã”Beija-Flor
All comments (4)
  • viviane_angela
    22 Novembro, 2017 at 8:28

    Que texto mais lindo Laura, me fez viajar pelos lindos pontos turísticos de nossa linda cidade. Vale a pena conhecer também a Base da […] Read MoreQue texto mais lindo Laura, me fez viajar pelos lindos pontos turísticos de nossa linda cidade. Vale a pena conhecer também a Base da Nuvem, vc vai amar, lugar maravilhoso que não dá vontade de sair mais. Parabéns mais uma vez e que Deus continue te abençoando muito Read Less

    Reply
    • Ana Laura Marins
      @viviane_angela
      20 Dezembro, 2017 at 11:22

      Que boa dica! Talvez a próxima edição seja sobre a Base da Nuvem hehehehe.

      Reply
  • Mariza Fontes
    22 Novembro, 2017 at 11:06

    Parabéns Laura!! Gostei bastante de seu texto sobre o Gigante Adormecido! Você me deixou com uma grande vontade de ir passear em Botucatu!! Bjsss

    Reply
    • Ana Laura Marins
      @Mariza Fontes
      20 Dezembro, 2017 at 11:23

      Obaaa! Venha, poxa! Não esquece de passar na Estação, falei dela no último post. :)

      Reply

Leave Your Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sobre mim

Ana Laura Marins

Oie, eu sou a Ana Laura, tenho 15 anos e criei este blog para compartilhar meus sonhos e descobrir o meu lugar no mundo. Gosto de café, dias chuvosos e sorrisos sinceros, além da minha mania incurável de contar histórias.

Translate »