Marcadores preferidos da minha coleção

2 novembro, 2017
Compartilhe nas redes sociais

Oi oi amores! Tudo certinho? Hoje eu trouxe um post mega especial e muito amorzinho. Quem me acompanha há mais tempo sabe que eu tenho paixão por marcadores de página, minha coleção cresce quase tanto quanto a coleção de livros, e eu resolvi trazer para vocês alguns dos meus favoritos! Mas, antes de mostra-los a vocês, pensei em apresentar um pouco da história de como nasceram esses mimos de todos os leitores.

Na época medieval, na era dos papiros de metros e metros de comprimento, perder a página estava fora de questão, né? Foi aí que eles sentiram a necessidade de criar algum objeto que pudesse marcar com precisão o lugar onde tinham parado na leitura. E assim os primeiros marcadores de página foram criados, feitos de papel vegetal e muitos em forma de clips, com variedade de tamanhos e formatos.

Porém, quando o papiro saiu de cena, a Rainha Elizabeth I foi a primeira a portar um marcador de páginas para livros impressos. Para não danificar o livro, era feito com uma fita de seda fina e presa ao livro, tipo de marcador que ainda possuímos nos dias atuais.

Chique a Rainha Elizabeth, não é? Depois desse marcador, os avulsos começaram a ser criados e evoluíram até os que colecionamos hoje, como os meus. Agora, sem mais demora, vamos à minha própria coleção.

5 – O DIY

Eu mesma fiz esse marcador, e eu o amo demais! Pela frase, as cores e o fato de ter sido feito pelas minhas próprias mãos, o que o torna ainda mais especial! E aí, concordam com o que esse sábio marcador tem a dizer?

 

4- Os naturebas

Esses são meus dois marcadores feitos com plantas de verdade. Um eu comprei e outro eu ganhei, e eu adorooo os dois. Acho que eu nunca falei isso aqui no blog, mas eu amo coisas naturais. Esses marcadores são minha dupla perfeita!

 

3- O da Terra da Rainha

Eu amo a Inglaterra de paixão, me apaixonei por esse marcador assim que coloquei os olhos nele na livraria. É como se eu levasse um pedacinho da Inglaterra comigo, dentro do meu meio de transporte favorito: os livros.

 

2- O do bruxinho mais famoso do mundo

Preciso explicar o motivo do meu amor por esse marcador?? Harry Potter é minha saga favorita, não tinha como não gostar desse marcador! Confesso que nem uso direito por medo de estragar hahahaha. Mas faz parte, uma frescura aqui, outra ali, mas os marcadores continuam seguros, então é isso que importa! Hahahaha.

1- O do gatinho fofo

Quem não ama um bichinho fofo desses??? Esse é o meu marcador mais fofinho, e do jeito que eu amo animais, já viu né. Outro que eu não uso de jeito nenhum! Hahahaha. Ele fica ali fazendo companhia para os livros da minha estante.

Lembrando que eu não fiz por ordem de preferência, até porque não teria como escolher entre eles. Amo todos! Esses são alguns (alguns mesmo) da minha coleção de marcadores de página. Tenho a impressão de que a coleção não vai parar de crescer e, quando eu tiver novos, faço uma parte 2,  se vocês gostarem.

Não se esqueçam se seguir o Insta do blog @meufazdeconta_ para ficar por dentro de tudo que acontece por lá! Tem também o Face do blog com mesmo nome e Twitter, é só procurar pelo nome do blog. 😉 Me contem se vocês gostam de marcadores também para eu não me sentir louca sozinha hahahaha.

Beijão e até o próximo post!

Ana Laura Marins

Leave a reply
Somos feitos de históriasSobre o tal do “amanhã”
All comments (6)
  • viviane_angela
    2 novembro, 2017 at 23:00

    Ameiiiiii sua linda. Parabéns mais uma vez. Beijão

    Reply
  • Sarah (@seriadoselivros)
    3 novembro, 2017 at 21:37

    Ahhh, amei o post! Não sabia da história dos marcadores! Que interessante! Meu favorito foi o "natureba", lindinho ❤

    Reply
  • Cibele
    7 novembro, 2017 at 18:18

    Muito lindo... tbm tenho vários.

    Reply
    • Ana Laura Marins
      @Cibele
      11 novembro, 2017 at 11:44

      Obrigada! ;)

      Reply

Leave Your Reply

Sobre mim

Ana Laura Marins

Oie, eu sou a Ana Laura, tenho 15 anos e criei este blog para compartilhar meus sonhos e descobrir o meu lugar no mundo. Gosto de café, dias chuvosos e sorrisos sinceros, além da minha mania incurável de contar histórias.

Translate »