Sonata em Punk Rock - Babi Dewet

4 Novembro, 2016
Compartilhe nas redes sociais

Olá gente! Voltei da Bienal desse ano com MUITOS livros, e já li bastante. Encontrei com vários autores, e inclusive a Babi Dewet, que autografou seu mais novo lançamento “Sonata em Punk Rock”. Eu, como amante da música, achei fantástico. Como prometido, aqui vai uma resenha caprichada Babi! 😉

Valentina sonha em entrar para o melhor conservatório de música do país, o Margareth Vilela, localizado na cidade da música. Descrevendo-a como “gênio”, dotada de um ouvido absoluto, Valentina é aprovada e está pronta para mudar totalmente sua vida.

Levando o punk rock em seu coração, Valentina, ou melhor, Tim, chega de forma interessante ao conservatório, um conservatório clássico, muito diferente de seu estilo. Mas o que importa é o amor a música, certo? Com seu violão debaixo do braço, enfrenta aquele monte de pessoas, acreditando em seu sonho.

Mas ela não contava com o que aconteceria cinco minutos depois. Encontra um garoto estranho no corredor, meio asiático, e muito bonito, ela percebe. Mas não está nada bem, ela também repara. E como é grosso! Depois de ajudá-lo, ela resolve dar o fora, não perder mais tempo.

Logo mais, Tim descobre que o sujeito com o qual encontrara era Kim, o melhor pianista do conservatório. Mas ela não liga, por  que deveria? Ele também não é alguém que merece algum tipo de atenção de sua parte. Mas ela logo descobre um motivo para se importar.

Todos os alunos são obrigados a estudar pelo menos um instrumento clássico, e ela escolhe o piano. Depois de apenas uma aula, descobriu que não era nada boa e poderia ficar no semestre. Não vendo outra saída, Valentina terá que deixar de lado seu preconceito com música clássica, que ela intitulava “música de elevador”, e começar a aprender.

Tim terá que convencer o garoto mais grosso e cheio de si do conservatório a lhe dar aulas de piano, e claro, é quase uma missão impossível. Mas, como ela aprendeu, a música é uma das únicas coisas que nunca te abandonará, e descobrirá que além de suas bandas como The Runaways, tocar Bach pode ser divertido. 🙂

Esse livro é SENSACIONAL! Eu amo música, e esse livro mostra que tanto o estilo punk rock e clássico podem ser divertidos, incríveis e surpreendentes. Realmente, aprendi muitas coisas sobre música com essa leitura, e os personagens viram nossos amigos. Parece que os encontraremos na rua a qualquer momento.

Vale super a pena, Babi mais uma vez alegrando nosso coração com mais um livro maravilhoso.

Beijos gente e até o próximo post!

Leave a reply
Era uma vez uma nação…A Morte

Leave Your Reply

Sobre mim

Ana Laura Marins

Oie, eu sou a Ana Laura, tenho 15 anos e criei este blog para compartilhar meus sonhos e descobrir o meu lugar no mundo. Gosto de café, dias chuvosos e sorrisos sinceros, além da minha mania incurável de contar histórias.

Translate »