Chata Rotina

4 Novembro, 2015
Spread the love

Levanto de manhã,
Já pensando no dia.
Esperando algo diferente,
Algo que não se repita.

Mas tudo vai na mesma,
Tudo igual.
Nada novo, nada velho,
Nada especial.

E de repente uma coisa inesperada,
Nova e complicada.
Aparece para destruir a rotina,
Dessa estranha e maluca vida.

Pode ser bom ou ruim,
Depende de como você vai ver.
Às vezes a gente nem imagina,
Que algo novo vai acontecer.

Ana Laura Marins

Leave a reply
Lágrimas de Chuva
All comments (1)
  • chico
    25 Novembro, 2015 at 16:28

    Esse poema nos faz refletir todos acontecimentos de nossa vida por mais comuns que seja se torna especial pois faz parte de nossa história de […] Read MoreEsse poema nos faz refletir todos acontecimentos de nossa vida por mais comuns que seja se torna especial pois faz parte de nossa história de vida. Parabéns Laurinha Read Less

    Reply

Leave Your Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sobre mim

Ana Laura Marins

Oie, eu sou a Ana Laura, tenho 14 anos e criei este blog para compartilhar meus sonhos e descobrir o meu lugar no mundo. Gosto de café, dias chuvosos e sorrisos sinceros, além da minha mania incurável de contar histórias.

Translate »